Onde começou a viagem e onde é o destino final?

Começamos na cidade de David, Panamá e chegamos mais ao norte na cidade de Real Catorze, México. Percorremos 9 países de bicicleta (Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador, Guatemala, México, Belize e Cuba).

_DSC3363 x

Quanto tempo vai durar a viagem?

Saímos no 16 de agosto de 2014 e pensamos em ficar aproximadamente 1 ano na estrada.

Como vocês financiam a viagem?

Não temos nenhum patrocinador ou apoiador, economizamos durante 2 anos para ir juntando algo para a viagem.

Também temos fotos postais nossas que servem tanto como para dar de presente a pessoas que nos recebem como para vender.

Temos um orçamento de uns  25 dólares diários.

O que comem pelo caminho?

Para nossa sorte, a gastronomia da América Central é super rica. E nós somos bastante flexíveis a comida (com exceção que Mariana não come carne) e bastante curiosos também para provar novos sabores.

Levamos uma fogareiro com a gente, um MSR Dragon Fly que é recarregável a qualquer combustível. Assim muitas vezes no apuro cozinhamos comidas práticas e rápidas que possam ser feitas em uma panela apenas.

Nosso café-da-manhã varia muito: de aveia, pão com tomate e abacate, frutas , café negro e muitas vezes o café típico daqui que é gallo pinto (arroz e feijão) e seus acompanhamentos (queijo, ovos, plátanos..)

Já o almoço quase sempre é na rua, paramos em um lugar e comemos um “prato do dia”  que quase sempre é arroz, feijão, salada, alguma carne e plátanos. Isso tudo com um valor de 2 a 4 dólares.

Na janta escolhemos comer bastante carboidratos para recuperar as forças de um dia de pedalada. Uma boa massa com tomate e ovo, um guiso (arroz com vegetais), omeletes com batatas, etc.

E sempre levando algum açúcar para ir comendo durante a pedalada, seja uma rapadura, uva passas, balas ou chocolates.

_DSC4259 copia

20141012_143656

2014-09-14 14.48

Onde vocês dormem?

Isso varia muito. Temos uma barraca que nos possibilita dormir em lugares mais variados (desde praças até ao lado de um vulcão). Buscamos bastante o site couchsurfing e também o warmshowers que são redes de hospedagens gratuitas para viajantes, casa de conhecidos e muitas vezes usufruímos da generosidade de pessoas locais e também dos bombeiros. Mas quando não temos essas opções recorremos a um hostel econômico.

_DSC4441 copia

20140909_075035

20140908_111528

– O que vocês levam nas bicicletas?

Como nós mesmos dizemos, levamos nossa “casa” nas bicis. Roupas (para verão, inverno, chuva..), utensílios para cozinhar (fogareiro, panelas, pratos, talheres), itens para acampar  (barraca, sacos de dormir, isolante térmico ), computador, máquina fotográfica, kit farmácia, guias de viagem..etc

2014-08-16 f

Vocês treinaram muito antes de começar a viagem?

Na verdade, já tínhamos a bicicleta incorporada em nossos cotidianos na cidade. Quique diariamente para ir ao trabalho e faculdade, e Mariana mais nos fim de semanas já que trabalhava muito longe de casa. Mas nunca como treinamento forte para viajar, vimos que condições físicas vamos conseguindo durante a viagem.

IMG-20140811-WA0001

2014-08-09 10.58.14

Quantos quilômetros vocês fazem por dia?

Não podemos dizer com exatidão quantos quilômetros fazemos dia porque isso varia muito: tem dias que são 100 km, outros 20 km e muitos sem pedalar ! Porque isso depende e como é a estrada (muita subida, de pedra), clima (muito vendo, chuva, calor forte), cansaço, ganas de pedalar ou conhecer melhor a cidade, e também pelas pessoas que vamos conhecendo no caminho.

2014-08-24 copia

Já tinham feito uma viagem dessa antes?

Uma viagem curta (mas intensa). Sem ter muito preparo, saímos de Montevideo até a cidade serrana de Minas no Uruguai. Foram 132 km em um dia, e sem levar muita coisa ficamos uma semana na região.

 

 

Facebook Comments